segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

DA INTERNET PARA AS RUAS, DA DITADURA PARA A DEMOCRACIA!

por Lucas Coutinho

O texto de Hoje será dividido em dois: Primeiro uma retrospectiva dos últimos acontecimentos no mundo árabe.  Depois vamos refletir porque não fazemos como esse povo que vai a luta assim como já fizemos antigamente. Prometo que o texto será bem descontraído, afinal de certa forma o assunto já encheu a paciência, porque muitas vezes foi noticiado sem reflexão alguma. Façamos diferente:

PARTE 1 – Por enquanto você apenas lê:

Começou na Tunísia, das redes sociais surgiu a primeira das revoltas que nos últimos dias sacudiram o mundo árabe. Mas se desde 1987, Ben Ali governava a Tunísia, porque surgiu após todos esses anos uma mobilização? Esse trecho de uma reportagem da BBC BRASIL explica:

“O gesto desesperado de um jovem, no dia 17 de dezembro, deflagrou uma onda de protestos e choques entre manifestantes e a polícia.

Mohamed Bouazizi ateou fogo em si mesmo na cidade de Sidi Bouzid (centro do país) quando policiais impediram que ele vendesse vegetais em uma banca de rua sem permissão.

O ocorrido gerou uma onda de protestos contra o desemprego na região, que baseia sua economia na agricultura e é uma das mais pobres do país.”

Daí os protestos se espalharam por todo o país via redes sociais e após duas semanas o presidente caiu. Eis que surge o caso que realmente chamou a atenção do mundo, após ver o sucesso na Tunísia chegava à vez do Egito.

Talvez por ser um país com uma visibilidade maior por toda sua questão histórica o fato já chamaria um pouco mais a atenção, mas creio que o principal fator não tenha sido esse. Simplesmente milhões de egípcios foram principal praça da cidade do Cairo e ficaram lá por mais de duas semanas até após 30 anos cair o ditador Muhammad Hosni Said Mubarak.

A história dessa luta vocês já conhecem: Comunicação cortada, lideres do movimento capturados, repórteres (inclusive Brasileiros) presos achando que seriam mortos e um ditador que parecia que jamais 'largaria o osso'. Mais a pressão popular foi muito maior que a vontade de qualquer ditador.


Pronto, caiu as ditaduras na Tunísia e no Egito.  Se você é vizinho desses países e sofre com o mesmo problema pensa o que? Minha Vez! E então chegamos ao momento atual onde Argélia, Bahrein, Líbia e Irã param e vão a luta para também viver em democracia. Assim como os dois primeiros, esses países estão sofrendo e terão de superar enormes dificuldades para atingir seus objetivos. Já são centenas de mortos nesses países e um evento importantíssimo cancelado: A abertura da temporada de Fórmula 1 que atrai turistas de todo o mundo e consequentemente traz muito dinheiro consigo seria no Bahrein. Após todos esses acontecimentos chegou-se a conclusão que nas condições atuais é impossível a realização de tal evento. Prejuízo imenso? Sim, mas as vidas que estão sendo perdidas enquanto esses ditadores não abandonam os cargos são bem mais importantes antes de qualquer coisa.



PARTE 2 – Agora você me responde:
Dessa vez eu pergunto, porque não seguimos os exemplos desses povos e lutamos para melhorar nossos pais em muitos aspectos? Porque nosso povo “mantêm um amor secreto com os incompetentes” (quem leu o sobre como o Brasil é visto no exterior deve lembrar). Até percebo que existem algumas pessoas que tentam tocar para frente algumas manifestações que até chegam a acontecer, mas não colocamos o milhão de pessoas que o Egito coloca.

Então agora pergunto:

- Porque as poucas tentativas de melhorar o país que surgem na web não são acolhidas?
- Porque os programas de TV que mostram a verdadeira face da maioria de nossos políticos e criticam suas atitudes tem baixa audiência?
- Será que não está na hora de esquecermos um pouco álbuns e aplicativos das redes sociais e a utilizarmos como o mundo tem utilizado e com sucesso, para o bem do país e consequentemente de nossas vidas?

Para responder basta clicar em comentários abaixo e colocar sua resposta. Para concluir coloco para vocês as capas de diferentes jornais do mundo no dia seguinte a vitória de um povo que acreditou, lutou e alcançou. Até a próxima!



7 comentários:

Amanda B. Dornelles disse...

eu acho que a atitude do Egito foi decisiva para todos os países fazerem isso, como na independência dos EUA e em seguida dos outros países do mundo. E também acho inadmissível que um país ainda padeça na ditadura nesse dias atuais.

http://educacaoalienista.blogspot.com/

Rosana Brito disse...

Seguindoo *_*
Gosteei do blooog :D
Da uma olhadinha no meu e segue tbm ? :D

http://arealidadedecadaum.blogspot.com/

Ca disse...

Interessante o seu blog.
Seguindo ...


. . . . . . . . http://carolmaiscomc.blogspot.com/

Claudia Alves disse...

adoro blogs politizados, é por eles que eu gosto de me manter informada e compartilhar opinião
vou seguir
www.claudiaalvesinteriores.blogspot.com

Download FNB disse...

Lucas.. obrigado por seguir meu blog irmaozin.... tow te retribuindo

abraço

perpedigno P. Nascimento disse...

Olá, tudo bem? eu sou de porto seguro ba, somos da mesma terra e quero o seu msn para podermos manter contato " pepy-ps@hotmail.com". Eu também quero ser jornalista e queria de alguns toquer seu, Abraços

Aline disse...

Adoreei seu Blog!
Seguindo (: